Deusa Rodrigues - Travel Agent

A Travessia dos Lagos Andinos do Chile para a Argentina

27.set.21 - atualizado em 31.ago.23



A Travessia dos Lagos Andinos do Chile para a Argentina é um dos roteiros mais cênicos da América do Sul.

Entre paisagens espetaculares emolduradas pela Cordilheira dos Andes, o viajante cruza a fronteira entre os dois países, por lagos de cor esmeralda, saltos e cachoeiras, além da vegetação exuberante da Patagônia.

Confira as dicas que preparei para sua viagem.

Você vai gostar de ler sobre: Chile paisagens espetaculares.

Travessia dos Lagos Andinos

O roteiro conhecido com Cruce Andino, ou Travessia dos Lagos Andinos do Chile até a Argentina pode ser realizado nos dois sentidos.

A minha sugestão é começar a Travessia dos Lagos Andinos pelo Chile para seguir para Bariloche.

A outra possibilidade é fazer o contrário, a travessia de San Carlos de Bariloche para Puerto Varas.

Santiago – Travessia dos Lagos Andinos

Para o roteiro da Travessia dos Lagos do Chile para a Argentina, deve-se começar por Santiago.

O Chile conta com paisagens espetaculares com lagos, vulcões, deserto, geleira e montanhas. O país ocupa uma longa e extensa faixa costeira entre o Oceano Pacífico e a Cordilheira dos Andes, essa posição geográfica única, propiciou as paisagens mais diversas.

A capital Santiago é um charme, organizada, moderna e com uma bela vista da Cordilheira.

A Patagônia tem paisagens espetaculares, com muitos diferenciais característicos do fim do continente.

O Deserto do Atacama tem uma beleza que surpreende e na Ilha de Páscoa tem um quê de mistério com seus Moais.

O que fazer em Santiago

A porta de entrada para o país tem muitos atrativos, além de bonita. Há vários passeios imperdíveis como os mirantes: Sky Costanera e Cerro San Cristóbal.

Conhecer os dois centros de compras Shopping Parque Arauco e Costanera Center, são visitas obrigatórias.

Aliado às atrações, há também gastronomia primorosa, com excelentes restaurantes, com destaque para frutos do mar.

Conheça todo o potencial da região nos posts abaixo:

O que fazer em Santiago.
Vinícolas do Chile.
Viña del Mar.
Grafites de Valparaíso.

Onde Ficar em Santiago

Confira as ofertas para se hospedar em Santiago.



Booking.com

Sul do Chile – Travessia dos Lagos Andinos

A famosa região dos Lagos e Vulcões está na Patagônia ao sul do Chile. As principais cidades da região são Puerto Montt, Puerto Varas e Fruttillar.

O ideal é chegar pelo aeroporto de Puerto Montt, fazer um City Tour combinado as com Puerto Varas  e ficar a hospedado por lá.

Puerto Varas

A cidade é linda e oferece uma boa oferta de hotéis confortáveis.

A maioria dos hotéis e restaurantes estão ao redor do Lago Llanquihue, considerado o maior lago do Chile.

Confira os passeios para explorar o potencial turísticos de Puerto Varas.

A Travessia dos Lagos Andinos

Entre as melhores atrações está o imponente Vulcão Osorno, um dos símbolos do sul do Chile. Está numa altitude de até 1.240 metros, o cenário é belíssimo  e rende excelente fotos.

A Travessia dos Lagos Andinos

Outra visita imperdível é a Lagoa Verde, cuja coloração se confunde com a vegetação da mata ao redor, realmente deslumbrante.

A Travessia dos Lagos Andinos

A natureza propicia inúmeras atividades em aventura e esportes, uma delas é o Canopy Tour com um lindo visual.

A Travessia dos Lagos Andinos

Se optar em não fazer a Travessia dos Lagos Andinos e somente aproveitar o Sul do Chile, há passeios para fazer a partir de Puerto Varas até a Villa de Peulla.

Outra experiência é visitar a Ilha de Chiloé, com percurso que inclui transporte em balsa e terrestre.

Frutillar

A partir de Puerto Varas a sugestão é seguir pela Rota dos Colonos para chegar à pequena cidade de Frutillar, fundada por imigrantes alemães.

Uma das características da cidade é o gosto pela música, herança europeia que pode ser vista em  alguns detalhes da decoração.

O Teatro do Lago é um ponto turístico, foi construído em homenagem ao bicentenário do Chile, onde acontece espetáculos e festivais.

Fruttilar é puro charme, além da linda vista dos vulcões Osorno e Calbuco. O lugar é ideal para entrar na vibração da Patagônia e depois embarcar para a Travessia dos Lagos Andinos.

A Travessia dos Lagos Andinos

Onde Ficar em Puerto Varas

Um dos hotéis mais tradicionais e com ótima com vista é o Cabanãs del Lago.

Outra possibilidade é ficar no Enjoy Puerto Varas, que está presente em outras cidades da América do Sul como Viña del Mar e Punta del Este.

O Hotel Bellavista também é super recomendado para ficar em Puerto Varas.



Booking.com

Rota – Travessia dos Lagos Andinos

De Puerto Varas é possível seguir fazer o famoso trajeto “Travessia dos Lagos Andinos – Cruce Andino, para chegar a Bariloche na Argentina.

Outra opção é a compra do passeio o Brasil, com pagamentos parcelados – Cruce pelos Lagos Andinos. Eu fiz essa viagem e recomendo que seja no verão, porque outros meses do ano tem muita incidência de chuvas.

A rota começa com embarque em confortável barco às margens do Lago Llanquihue, ao fundo com a imponente vista do vulcão Cabulco.

O percurso Travessia dos Lagos Andinos inclui viagem em barcos ao longo de 3 lagos e com 4 transportes por terra.

A Travessia dos Lagos Andinos

No trajeto há o Lago Todos Los Santos também com cor esmeralda emoldurado pelo Vulcão Osorno.

A partir daí, há a entrada no Parque Nacional Vicente Pérez Rosales para visitar os Saltos de Petrohué, formados de pedras vulcânicas e quedas d´agua com a impressionante cor verde esmeralda.

A Travessia dos Lagos Andinos

Chega-se a Peulla onde se pode almoçar e depois seguir de ônibus para Puerto Frías onde se faz os trâmites de imigração e alfândega.

O segundo lago a ser conhecido é o Lago Frías, tem ao fundo a beleza da Cordilheira, trajeto até a chegada ao Puerto Alegre.

Outro trajeto de ônibus até Puerto Blest, para embarcar no trecho de navegação, que será pelo lago Nahuel Huapi que leva para Porto Pañuelo em Bariloche.

Esse trajeto é feito desde da manhã até chegada às 21h00 em Bariloche. Um dia de viagem simplesmente inesquecível, durante a Travessia dos Lagos Andinos com paisagens únicas do nosso continente.

Bariloche – Travessia dos Lagos Andinos

No dia seguinte à chegada é que se tem a visão da grandiosidade da paisagem de San Carlos de Bariloche cercada pela Cordilheira dos Andes.

Conhecida dos brasileiros pelo turismo de inverno, mas fica linda também no verão, outono e primavera.

No inverno os nossos conterrâneos invadem a cidade em busca de neve, quem não se lembra do termo Brasiloche?

As paisagens das montanhas, os passeios diversos, o Centro Cívico com a sua arquitetura típica, além da gastronomia, fazem do destino um dos favoritos nas férias.

Explore todo potencial de Bariloche e seus passeios.

No verão você pode também fazer a rota da Travessia dos Lagos AndinosCruce Andino, inversa de Bariloche até a cidade de Puerto Varas no Chile.

Uma verdadeira viagem para a alma, alinhada com o conceito deste Blog.

A Travessia dos Lagos Andinos

Conheça também outro destino na América do Sul : O que fazer em Montevidéu.

Subida aos Cerros

Há muitas opções além da neve em Bariloche e no verão posso afirmar que as paisagens são deslumbrantes.

Eu fiz o Circuíto Chico, um trajeto total de 65 quilômetros, que pode começar no centro e passar pelo Parque Nahuel Huapi, com vista para o Cerro Campanário. O tour passa pela Colônia Suiza e Puerto Pañuelo, próximo ao Llao Llao Resort Golf & SPA.

Do alto se observa o o Parque Nacional Nahuel Huapi, que é o mais antigo da Argentina.

Na América do Sul há outros lugres impactantes como o mirante, o TelefériQo no Morro Cruz Loma, saiba mais em: O que fazer em Quito.

Bariloche no verão: paisagens e passeios incríveis

Cerro Campanário

O Cerro Campanário tem uma vista impressionantes, dá aquela sensação boa de plenitude de contato com a natureza.

Do topo do Cerro Campanário é possível observar as montanhas e lagos da região. Esse é um dos melhores momentos da viagem para Bariloche.

Há uma cafeteria com deck de madeira, para que se possa tomar uma bebida e observar o visual único e um dos mais bonitos da Argentina.

O visual maravilhoso de cima dos cerros em Bariloche tem semelhanças com a vista em Machu Picchu, saiba mais: O que fazer no Peru.

Bariloche no verão: paisagens e passeios incríveis

Cerro Catedral

O Cerro Catedral apesar de ser voltado para o esqui e Snowboard, no verão o passeio é bem bacana, com a bucólica subida pelo teleférico e mirante no topo. A vista é incrível, aproveite para tomar um suco e curtir o momento.

No verão o lugar é ideal para curtir as paisagens e no inverno o Cerro Catedral é para prática dos esportes como o esqui e Snowboard.

Considerado uma das estações de esqui mais tradicionais da América do Sul.

Esse teleférico tem semelhanças também com: Campos do Jordão.

A Travessia dos Lagos Andinos

Lago Nahuel Huapi – Águas Glaciais

Se visualizar no mapa da região, o Lago Nahuel Huapi que se forma de águas glaciais é enorme, tem 550 quilômetros segue todo recortado, com várias ramificações e banha San Carlos de Bariloche e Villa La Angostura

Bariloche no verão: paisagens e passeios incríveis

Isla Victoria e Bosque Arrayanes

O passeio à Isla Victoria e ao Bosque de Arrayanes também obrigatório. A saída é do Porto de Pañuelo, próximo do Hotel Llao Llao, com navegação pelo lindo cenário do Lago Nahuel Huapi.

De acordo com a embarcação utilizada, o trajeto pode ser feito em 40 minutos a 1h30 minutos. Esse é um roteiro muito bonito para observar o lago, as montanhas em volta.

Se desembarca na Isla Victoria para fazer uma caminhada pelo Bosque Arrayanes. Uma das principais atrações é observar a natureza preservada, o lago e as montanhas no entorno.

Um lugar muito bonito, cujo cenário da região inspirou o desenho Bambi de Walt Disney, o gênio da criatividade.

Além de Bariloche o mestre também se baseou em outros lugares semelhantes, como na Europa, saiba mais em: Lua de Mel na Alemanha.

Vale cada momento, além da bela vista, os pássaros seguem o barco e fazem a alegria dos turistas, principalmente das crianças. Um lugar ideal para fotos de lembranças de Bariloche.

Saiba mais sobre: Animais da América do Sul.

Bariloche no verão: paisagens e passeios incríveis

Cerro Tronador

Eu explorei mais o Parque Nacional Nahuel Huapi em uma excursão de um dia para conhecer o Monte Tronador. O pico mais alto da Patagônia, tem uma linda paisagem e se pode observar a Geleira Negra, os lagos, as cachoeiras e o rio Manso.

San Martín de Los Andes e Sete Lagos

Um passeio incrível é ir até San Martín de Los Andes pela Rota Panorâmica dos Sete Lagos. No caminho está a charmosa Villa Angostura, um vilarejo de exclusividade na Patagônia Argentina.

Conhecido como destino de luxo, a cidade que também está às margens do Lago Nahuel Huapi, como é pequena dá para caminhar e explorar bem. Fundada em 1932 preserva a arquitetura de montanha.

Na sequência se atravessa a terra indígena Mapuche, cercada por florestas de árvores Cyprress e Nothogacea. Além do mais, esse passeio permite conhecer os Sete Lagos indescritíveis: Machonico, Falkner, Villarino, Mirror, Correntoso, além do Nahuel Huapi.

A distância é de 160 quilômetros por uma paisagem inesquecível. Entre neste link para reservar a excursão à San Martín de Los Andes.

Aluguel de Carro

Outra possibilidade de conhecer San Martín de Los Andes e a região é fazer uma extensão de viagem com hospedagem e aluguel de carro. Confira as ofertas de hotéis da região.

Atividades em Bariloche

A Travessia dos Lagos Andinos é uma das melhores experiências na viagem, no entanto Bariloche proporciona também outras atividades ao ar livre, com vários passeios e esportes.

Rafting e Cavalgadas

No verão em Bariloche é ideal para fazer um Rafting no rio de San Carlos de Bariloche. São 12 quilômetros de corredeiras de alta intensidade no rio Manso.

Outro passeio para fazer no verão em Bariloche são as cavalgadas, por cenários próximos do rio Manso. Entre trilhas, pastos e florestas se pode observar as paisagens da Patagônia. O passeio começa com um café da manhã e termina com almoço de um típico churrasco argentino.

Tirolesa

Uma atividade que é melhor no verão em Bariloche é o Canopy Tour ou Tirolesa, uma aventura no Cerro López. Onde se desliza pelas árvores da Patagônia entre 10 plataformas conectadas por um sistema de cabo de aço. Para os corajosos podem usufruir de paisagens fantásticas, como eu já tive a experiência no passado na Costa Rica, não me aventurei.

Pescaria Esportiva

A pescaria esportiva é outra atração de Bariloche, para ser praticada no verão.  A região com lagos, rios e exuberância da vegetação, proporciona abundância no Lago Nahuel Huapi, das espécies trutas marrom e trutas arco-íris. Para quem aprecia a pesca esportiva é um grande destino.

Centro de Bariloche

O Centro Cívico é bom para circular, fazer comprinhas e aproveitar os restaurantes. Gostei de observar a arquitetura no estilo de chalés de montanha.

A cidade tem uma forte herança da Alemanha, que pode ser conhecida através de um walking tour.

Outra possibilidade é fazer um passeio para conhecer mais Bariloche, o povo indígena e outros históricos, com visita ao Museu de Bariloche, Catedral e outros pontos de interesse.

A entrada da cidade segue o estilo alpino, tanto no portal como nas construções do centro.

Bariloche no verão: paisagens e passeios incríveis

Como Chegar

Para fazer a Travessia dos Lagos Andinos confira as ofertas para compra de passagens aéreas e do Seguro Viagem.

Atenção se optar pela viagem do Chile para a Argentina a passagem aérea deve seguir o roteiro ida via Santiago e retorno via Bariloche.

vai-de-promo

Onde Ficar em Bariloche

Bariloche tem muitos hotéis, há opções no Centro Cívico, para quem gosta de circular pela cidade.

Entre neste link para reservar os hotéis na Argentina.

Veja as ofertas de hotéis em Bariloche



Booking.com

Em geral os hotéis são mais econômicos e a vantagem é poder caminhar, fazer compras e conhecer restaurantes.

A sugestão é o ficar no Hostería Nogare, um hotel bem localizado e tradicional.

Próximo dos Cerros e dos Lagos

Há outros hotéis que ficam no caminho para os Cerros e dos Lagos, verdadeiros Lodges. São indicados para quem prefere ter a experiência de ficar da montanha. Há muitas boas opções.

Um hotel muito tradicional e com excelente serviço é NH Bariloche Edelweiss.

Llao Llao – Um dos Melhores Hotéis

Depois de fazer a Travessia dos Lagos Andinos eu recomendo se hospedar no hotel Llao Llao Resort Golf & SPA, que está a beira do Lago e próximo de desembarque da rota.

Conta com serviço impecável, localização fantástica e com várias áreas de lazer.  A ala nova do hotel tem apartamentos aconchegantes e com vista para o lago. A gastronomia é excelente. Há também campo de golfe e dá para se arriscar nas aulas para iniciantes, eu participei e achei bem divertido.

Bariloche no verão: paisagens e passeios incríveis

Gastronomia em Bariloche

Mesmo no verão aproveite para comer fondue no Restaurante Chez Philippe, no Centro Cívico.

Prove a Parrilla de Bariloche, o corte da carne Argentina é sempre excelente.

A região conta também variedades de cerveja artesanal, é possível fazer um tour para conhecer três propriedades. As cervejarias mostram o processo de fabricação, seguido de degustações.

Bariloche tem inúmeras delícias como chocolatarias, sorveterias entre outras. Há uma interessante excursão a pé para conhecer as comidas regionais da Patagônia.

Para quem gosta de comer bem, deve acompanhar o post: Gastronomia em viagem sempre uma experiência inesquecível.

Energia Positiva da Patagônia

Devido a concentração de minerais nos lagos, aliado à beleza das geleiras, a região tem uma incrível energia positiva.

A viagem para essa região única do planeta, produz uma sensação de calma e tranquilidade. Uma verdadeira viagem para a alma, saiba abaixo um pouco mais sobre esse conceito.

Saiba sobre outros destinos semelhantes: 10 Destinos com energia positiva no mundo.

Dicas de Viagem – Travessia do Lagos Andinos

Toda viagem necessita de planejamento e providências, confira o post: Dicas para viajar.

Chile

Para começar a Travessia dos Lagos Andinos, como o será um dia intenso a dica é tomar um ótimo café da manhã para ter energia.

Conhecer e comprar os produtos feitos com lã de Vicunha.

Fazer cavalgada na Patagônia, com belas paisagens. Eu fiz e recomendo cavalgar suavemente pelos campos aberto da região.

Procurar conhecer o folclore. Saiba mais no post: Cultura e Folclore na América do Sul.

Argentina

Tanto no verão como na “meia estação” abril e maio, ou no inverno as paisagens são incríveis em Bariloche.

Vários bons hotéis contam com piscina aquecida, portanto não esqueça da roupa de banho.

Cultura Mapuche – Travessia dos Lagos Andinos

Na rota da Travessia dos Lagos Andinos é possível também ter contato com a Cultura Mapuche, dos povos originais dos territórios dos Lagos e Vulcões entre o Chile e a Argentina, muito antes da colonização espanhola. A importante etnia preserva as suas tradições e seu patrimônio cultural, baseado nas crenças ancestrais com relação espiritual com a terra.

Extensão de Viagem

Esticar a viagem para Buenos Aires é sempre uma ótima opção, a cidade surpreendente com novidades a cada temporada.

Explore a capital da Argentina, Buenos Aires que tem inúmeras atrações.


Booking.com

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2024 Deusa Rodrigues | Todos os Direitos Reservados

Direitos autorais: todos os textos são autorais e as fotos a maioria são autorias e outras cedidas por hotéis e representações para esse blog/site. Nenhuma parte desa publicação poderá ser reproduzida, copiada, armazenada em sistema digital ou transferida por qualquer meio eletrônico, fotocópia, mecânico, etc. sem que haja permissão por escrito emitida por esse Blog Deusa Rodrigues - viagens e lua de mel